Marcelo Torca
Cultura e Arte!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato
Textos
A Camisa

Lá estava ele, agindo, com a camisa cor de laranja, estava novamente cometendo assassinatos em série, ele era o Matador da Vila, assassino frio, sem medo de nada, capaz de tudo, e sempre conseguia de alguma forma, livrar-se da polícia.
Já estava de noite, uma noite fria de inverno, quando observou uma pessoa vindo pela rua, estava sozainha e apressada, foi ao ataque, pegando de surpresa, passou o bisturi na garganta, e com um punhal, fez várias perfurações em seu peito, não dando oportunidade de defesa para a vítima. saiu andando tranquiliamente, pegou o metro e foi para casa.
Morava embaixo de um viaduto, onde acreditava ser mais difícil ser identificado, ajudava a proteger os Sem teto, assim, tinha uma defesa natural pelos próprios. suas roupas eram simples, procurava manter-se limpo, para não chamar atenção das pessoas, e poder cometer os crimes.
Só usava camisa laranja, era uma mania, assim como tinha a mania de matar, era muito calmo, passava o dia fazendo coleta de reciclagem...

Continua em https://www.recantodasletras.com.br/contosdeterror/6386008
Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 09/07/2018
Alterado em 11/07/2018
Comentários