Cursos     Feliz Dia das Crianças!    

    Teclas, Cordas, Sopro e Percussão: Gravações     1982      Unis Graduação   Unis Pós-Graduação     Promoção Especial     Álbuns Musicais   

Marcelo Torca
Cultura e Arte!
Meu Diário
30/05/2022 06h22
Hortaliças

As Hortaliças são grupos de vegetais cultivados em horta, onde partes como raízes, caules, folhas, flores, frutos e sementes, são consumidas pelos humanos como alimento.

Quanto a sua forma de consumo, as Hortaliças classificam-se em:

 

Hortaliças tuberosas

Neste tipo de hortaliças as partes consumidas crescem dentro do solo. Fazem parte deste grupo os bulbos como a cebola e o alho, tubérculos como cará e batata-doce, raízes tuberosas como as cenouras e beterrabas, e rizomas como os inhames.

 

Hortaliças herbáceas

Esta classificação de hortaliças compreende vegetais cujas partes consumidas estão acima do solo. Fazem parte deste grupo as folhas de alface, almerão, taioba, repolho; talos e hastes de aipo, aspargos e funcho; e flores como a couve-flor, alcachofra e brócolis.

 

Hortaliças-fruto

Nesta categoria de hortaliças, compreendem vegetais cujas partes aproveitáveis para o consumo são os frutos. Fazem parte deste grupo de hortaliças as melancias, os quiabos, as ervilhas, os pimentões, os tomates, os jilós, entre outros.

 

Uma classificação muito utilizada é a que dividem as hortaliças em dois grupos de verduras e legumes, sendo denominadas verduras as partes comestíveis de vegetais como folhas, flores e hastes. E legumes são vegetais que as partes consumidas e apreciadas são os frutos, as sementes e partes que crescem no solo como a mandioca.

O consumo de hortaliças é indispensável na alimentação dos seres humanos, pois são alimentos reguladores que tem como características serem fontes de vitaminas, minerais, nutrientes que mantém o equilíbrio do organismo e ajudam para seu pleno funcionamento.

 

Hortaliças como cenoura, abóbora, almeirão, brócolis, entre outros são fontes de Vitamina A, essencial para a visão e manutenção da pele. Os espinafres, couves, pimentão verde, entre outros, são ricos em Vitamina C, responsáveis pelo combate às infecções e no processo de cicatrização.

Além de todas as vitaminas e minerais presentes nas hortaliças, existe uma série de compostos bioativos presentes nestes vegetais que auxiliam no combate e prevenção de doenças. Como exemplo o licopeno (pigmento vermelho) presente no tomate, na melancia, etc., possui propriedades anticancerígenas e atuam como antioxidantes.

As fibras que são fundamentais para proteger a flora intestinal, ajudar eliminar toxinas, e uma série de outros benefícios, estão presentes nas hortaliças também.

 

De: InfoEscola

 


 

Embrapa

 

Livros de Hortaliças, dowload gratuito

Livros

Panc. Hortaliças não convencionais

Como Plantar

 


 

Livro sobre Hortaliças, da CI.Orgânicos

 

De: CI Orgânicos

 


 

Significado de Hortaliças

Hortaliças é o plural de hortaliça. O mesmo que: agraços, legumes, verduras.

 

Significado de hortaliça

Designação genérica das plantas cultivadas em hortas e reservadas para uso culinário.

 

Sinônimos de Hortaliças

Hortaliças é sinônimo de: agraços, legumes, verduras

 

Definição de Hortaliças

Singular: hortaliça

 

Exemplos com a palavra hortaliças

Schiavon criou um debulhador de milho, uma máquina que remove os grãos do cacho de uva e uma semeadora de hortaliças. Zero Hora, 25/01/2017

 

Lançamento da Publidfolha, "Ervas Aromáticas" traz informações essenciais para produção caseira de mais de 50 hortaliças. Folha de S.Paulo, 14/02/2011

 

Os camponeses estão vendendo frutas e hortaliças como goiabas, abacaxis, alfaces e tomates, entre outros produtos. Folha de S.Paulo, 15/01/2012

 

Outras informações sobre a palavra

Possui 10 letras
Possui as vogais: a i o
Possui as consoantes: c h l r s t
A palavra escrita ao contrário: saçilatroh

 

De: Dicio, Dicionário Online de Português


 

A horta ou horto é um local em que são cultivados legumes e hortaliças. Nela também podem plantar-se temperos e ervas medicinais.

As hortas geralmente localizam-se em um terreno que recebe sol o dia todo, plano ou levemente inclinado, com terra fértil que possa ser adubada. As plantações podem ser organizadas em canteiros.

O ramo da agricultura que trata deste tipo de cultura é a olericultura.

 

De: Wikipédia

 


 

Significado de Horto

substantivo masculino Pequeno terreno onde são cultivadas plantas de jardim; pequena horta.[Figurado] Lugar de tormento, por alusão ao Horto das Oliveiras, onde Jesus Cristo foi preso e viveu momentos de dor e sofrimento.Espaço público usado para pesquisa e experiências com plantas.expressão Horto florestal. Lugar onde se cultivam e estudam espécimes florestais.Etimologia (origem da palavra horto). Do latim hortus.i.

Sinônimos de Horto

Horto é sinônimo de: horta, quintal, pomar, jardim

Definição de Horto

Classe gramatical: substantivo masculino
Flexão do verbo hortar na: 1ª pessoa do singular do presente do indicativo
Separação silábica: hor-to
Plural: hortos
Feminino: horta

 

Significado de Horta

substantivo feminino Terreno onde se cultivam hortaliças, legumes etc.

Sinônimos de Horta

Horta é sinônimo de: horto, quintal

Definição de Horta

Classe gramatical: substantivo feminino
Flexão do verbo hortar na: 3ª pessoa do singular do presente do indicativo, 2ª pessoa do singular do imperativo afirmativo
Separação silábica: hor-ta
Plural: hortas
Masculino: horto

 

De: Dicio, Dicionário Online de Português: horto

De: Dicio, Dicionário Online de Português: horta

 


 

Ervas ou plantas herbáceas reportam-se, mormente, a duas qualidades de plantas:

  • Plantas, geralmente, de pequeno porte e caule macio ou maleável (por oposição aos caules lenhosos[5]), apresentando pouca ou nenhuma lenhina, que tende a secar depois de frutificar. Estas plantas tanto podem ser anuais, bienais, vivazes ou perenes.
  • Plantas cujo caule não sofre crescimento secundário ao longo do seu desenvolvimento.

Há muitos critérios da classificação dos vegetais quanto ao tipo de caule, porém ambas as definições estão corretas e são utilizadas pelos cientistas nas suas obras, pese embora possam prestar-se a equívocos.

Com efeito, atendendo à primeira categoria, vê-se conglobada na definição de planta herbácea um vasto rol de cactos de hábito arbustivo, alguns de porte verdadeiramente imponente, como os saguaros dos Estados Unidos. Ao passo que, atendendo à segunda categoria, a mesma designação já abarca todas as espécies de monocotiledóneas, inclusive palmeiras e yuccas, de caule claramente lenhoso, mas que não sofrem crescimento secundário ao longo da vida.

 

De Wikipédia


 

Plantas perenes (do latim per, "por", annus, "anos") é a designação botânica dada às espécies vegetais cujo ciclo de vida é longo, permitindo-lhe viver por mais de dois anos, ou seja por mais de dois ciclos sazonais. Suas folhas não caem.

Exemplos: sobreiro, azinheira, hibisco, ou papoula.

Elas subdividem-se em dois grupos:

Herbáceas perenes - não têm tecido lenhoso na sua constituição

Exemplo: aspargo, ruibarbo, flor-de-lis

Lenhosas perenes - são caracterizadas por possuírem estruturas lenhosas e incluírem plantas sarmentosas

Exemplos: laranjeira, arbustos como o rododendro, azáleas, e árvores como o pinheiro, eucalipto, carvalho, macieira, pereira, cerejeira, diospireiro

 

De Wikipédia


 

Plantas anuais são as que completam o seu ciclo de vida num ano ou menos como, por exemplo, o tomateiro e o manjerico. Geralmente iniciam o seu ciclo de vida na primavera, passando a um período de crescimento vegetativo. Morrem quando atingem o auge do seu estádio reprodutivo mas ficam as suas sementes, que darão origem a novas plantas.
Entre as plantas anuais encontram-se muitas que são utilizadas na agricultura, como o feijoeiro, a faveira, o tomateiro; plantas ornamentais, como malmequeres, amor-perfeito e manjerico; e plantas daninhas, como a ervilhaca e o saramago.
As plantas anuais têm geralmente sementes muito pequenas mas que estão adaptadas a germinar e crescer mesmo em maus solos. Geralmente as sementes das plantas anuais germinam na primavera e iniciam um período de crescimento vegetativo. Entram na sua fase reprodutiva quando atingem um determinado tamanho ou estádio de desenvolvimento ou são estimuladas por fatores do meio como, por exemplo, a relação entre a duração do dia e da noite. Uma vez que a fase de reprodução esteja terminada, a planta morre, mantendo vivas as sementes.
Algumas plantas anuais completam o seu ciclo muito rapidamente, como acontece, por exemplo, com as plantas do deserto, que geralmente germinam durante períodos de clima mais ameno ou de grandes chuvadas. Crescem rapidamente e produzem sementes antes que o clima se torne muito quente e seco para a sua sobrevivência. Estas plantas, frequentemente, completam o seu ciclo em duas ou três semanas.
Outras plantas anuais germinam na primavera, iniciando o seu crescimento vegetativo e floral, persistindo os dois crescimentos até que a planta morra devido ao frio posterior. O ciclo de vida destas plantas pode ser de seis meses ou mais.
Exemplos de ciclos de vida longos de plantas anuais incluem espécies de jardim como as ervilheira-de-cheiro, amor-perfeito, zínias, etc. Mesmo que, eventualmente, estas plantas não morram depois de produzir semente e possam viver longos períodos se forem defendidas do frio em estufas, são consideradas como tendo ciclos anuais.

 

De Infopédia


 

Uma planta bienal ou bianual é aquela que demora 24 meses para completar o seu ciclo biológico.

 

A salsa é uma planta bienal

Estas plantas crescem vegetativamente no primeiro ano enquanto que no segundo florescem e dão frutos.

Há muitas mais espécies de ciclo anual ou perenes do que bienais.

Normalmente no primeiro ano a planta emite galhos muito curtos, adquirindo a forma radial de roseta. Deste modo alcança a máxima fronde (ramagem) antes de começar a etapa reprodutiva.

Habitualmente, as plantas bienais necessitam do estímulo do frio para poderem florescer, processo que se denomina vernalização.

No segundo ano, na primavera, cresce o galho que porta as flores (popularmente diz-se que a planta espiga). Nas espécies agrícolas, como o espinafre ou a cenoura por exemplo, esse crescimento do galho floral impossibilita continuar com os cortes para o mercado, já que a planta se torna fibrosa e perde qualidade.

As plantas bienais que se criam em determinadas condições ambientais, ou com tratamentos de hormonas vegetais, podem completar o seu ciclo num só ano. Por exemplo, se se plantam espinafres no início do verão, o galho floral surge ao cabo de poucas semanas, devido à maior exposição à luz.

 

De Wikipédia

 


 

De: Rastro Rural


 

Publicado por Marcelo Torca
em 30/05/2022 às 06h22