Marcelo Torca
Cultura e Arte!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Um Dezembro de 2008.

Um dezembro de 2008, um mês que está se apresentando quente, embora as previsões de chuvas dizem que vai cair água, está difícil de usar o guarda chuva. Talvez seja o motivo das mudanças climáticas anunciadas nos meios de comunicações, ou quem sabe seja uma conseqüência natural, é difícil saber, mas as cidades que estão sofrendo com este calor em demasia, Paulicéia, Panorama, ambas do Estado de São Paulo, Brasil, às margens do Rio Paraná. Poderiam sofrer menos se tivessem um planejamento de cultivo de árvores em calçadas, a cidade de Panorama já fez algum planejamento, mas parou, é preciso voltar a fazer.
Um planejamento de cultivo de árvores em calçadas, faz com que a cidade fique mais arborizada, alterando o micro clima ao redor da árvore, além da sombra, a umidade é repassada, tornando mais úmido e consequentemente mais refrescante. Em cidades quente é importante prevenir do calor com árvores, quanto menos o sol atingir as calçadas e as ruas de asfalto, melhor, haverá um repasse de calor menor deixando um ambiente mais confortável e suportável.
Há cultivo de eucalipto em Paulicéia, ao aproximar da plantação é possível sentir o cheiro agradável, ao passar ao lado há um clima bem mais refrescante deixando o ambiente um pouco mais úmido. Mas é preciso saber plantar, em baixo dos fios de eletrecidade a preferência é por plantio de árvores de pequeno porte ou aquelas que aceitam a poda, onde não há fios de eletrecidade, é possível plantar árvores de porte médio, as de porte grande somente se a rua tiver mais que 13 metros de largura, incluindo as calçadas.
Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 14/12/2008

Música: Um Solado - Marcelo Torca

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcelo Torca, www.marcelotorca.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários